Sobre ANAS: 

ANAS é um curta metragem produzido pela joinvilense Ipê Produções em parceria com o Instituto Viva a Cidade - IVC e o Clube de Oratória e Liderança - COL.

Patrocinado pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura - Simdec, a obra cinematográfica está em fase de captação de recursos de pessoas físicas e jurídicas (renúncia fiscal de recursos que podem ser doados do IPTU e ISSQN até o limite de 30%).

ANAS abordará o empoderamento feminino através da luta de mulheres agricultoras para conquistarem os direitos profissionais da categoria e no importante papel que exercem na continuidade das práticas agrícolas familiares, como a manutenção de mudas e sementes crioulas (sementes não transgênicas e que não têm herbicida nem adubo orgânico em nenhuma geração da planta que originou a semente).

ANAS tem como objetivo também contribuir para o atingimento de algumas metas do Plano Municipal de Cultura de Joinville, SC, com destaque para:
Meta 3 - Realização anual de no mínimo uma ação cultural de acesso público e gratuito em cada bairro da área urbana e cada localidade da área rural do município.
Meta 4 - Aumento em 100% no número de pessoas que frequentam museus, centros culturais, cinemas, exposições, espetáculos de teatro, circo, dança e música, feiras, mostras, festivais e festas populares.
Meta 7 - Aumento em 100% dos registros formais do trabalho no setor cultural

ANAS prevê uma contrapartida social, já que é patrocinado com recursos públicos do mecenato joinvilense. Além das exibições gratuitas em espaços públicos dez exibições ocorrerão em universidades locais com a participação da diretora e do produtor, para debates.

Roteiro e Direção: Ilaine Melo

Formada em História com especialização em Antropologia, desenvolve desde 1992 pesquisas de História Oral com comunidades pesqueiras e rurais de Santa Catarina. Dramaturga e diretora de teatro, criou, dirigiu e atuou em vários espetáculos teatrais com diferentes grupos de Santa Catarina. Com o Grupo Unicórnio foi Vencedora do Prêmio Myrian Muniz em 2007 e Elizabete Anderle em 2012. Estuda cinema desde 2010 desenvolvendo cursos com Di Moretti, Eliane Café, Alexadre Stokler e CristianoBurlan.

Produtor Executivo: Altamir Andrade

Diretor da Empresa Bureau de Comunicação e Eventos, desde 1987. Editor do Jornal O Vizinho. Em 2007 foi produtor do projeto “Histórias de Minha Gente”, vencedor do Prêmio Myriam Muniz. Em 2009 foi produtor do Espetáculo de Teatro Sótão, vencedor do Prêmio Elizabete Anderle; com este espetáculo produziu a circulação do mesmo em eventos em Joinville e outras cidades de Santa Catarina. Em 2009 produziu os documentários: COL Joinville 30 anos e Clube de Oratória e Liderança 30 anos. Em 2011 produziu o documentário O rio que teima pela vida, vencedor do edital da FUNDEMA. Em 2013 produziu o documentário Se ligue no esgoto, vencedor do edital da Companhia Águas de Joinville. Em 2015 produziu o documentário O Marinheiro do Rio Cachoeira, vencedor do edital da Companhia Águas de Joinville. Em 2015 trouxe para Joinville o filme “Bike x Cars”, promovendo debate público com a protagonista do filme e cicloativista Aline Cavalcanti. Produtor do Documentário Lilás, da Ipê Produções, que conquistou SALIC e está em fase de captação.

Montagem: Julium Schramm

Bacharel em Design, habilitação em Programação Visual. Coordenador de edição, Editor de vídeo e Designer gráfico na Camera 1 Comunicação Audiovisual – de dezembro de 2011 a novembro de 2015. Montagem dos documentários “O Marinheiro do Rio Cachoeira” e “Selfie” da Ipê Produções.

Difusão: Ivan Melo

Mais de 20 anos de experiência no mercado nacional e internacional de cinema. Trabalhou como produtor executivo da Mostra Internacional de São Paulo e como Diretor Artístico do Festival de Cinema de Paulínia, onde esteve envolvido na realização de 40 longas-metragens brasileiros. Trabalhou nas distribuidoras independentes Cult Filmes – uma parceria com as distribuidoras Imovison, Pandora e Filmes da Mostra - , especializada no mercado de vídeos domésticos.

Executivo na empresa Mais Filmes, especializada no mercado de distribuição de Cinema e Televisão. Participou da comissão de seleção dos editais mais mais importantes do país como: BNDES Cultura, Petrobras Cultural, PROAC, SPCINE, entre outros. Atualmente desenvolve projetos de longa-metragem e séries para televisão em parceria com Anna Muylaert (Que Horas Ela Volta), através da empresa África Filmes. Está associado também à empresa capixaba Uacari Filmes, de Ivi Roberg e Juliano Salgado (O Sal da Terra) com os quais desenvolve dois longas- metragens, a ficção Vitória e o documentário Amazônia.

Produtora: Ipê Produções

A Ipê Produções é um núcleo profissional focado na produção de projetos cinematográficos da empresa Bureau de Comunicação e Eventos Ltda-ME. No mercado desde 5 de janeiro de 1987, atende empresas e instituições as mais diversas, principalmente no estado de Santa Catarina.

Histórico da produtora:

  • 1995 a 2002 – Junto à Festa das Flores idealizou e organizou a PROLAR – Expofeira Multissetoriasl de Produtos e Serviços para o Lar e Família. Reconhecida pelos especialistas da HWK da Alemanha como a “melhor expofeira do segmento nopaís”

  • Em 2007, via edital público conquistado com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz, o projeto Histórias de Nossa Gente, patrocinado pelo Governo Federal através do Ministério da Cultura, resultou numa pesquisa de campo para o resgate de parte do patrimônio imaterial em cinco comunidades rurais e de pescadores de Joinville e região. Uma dramaturgia foi produzida com esta pesquisa.

  • Em 2009, patrocinada pelo Governo do Estado de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Cultura via edital Elisabete Anderle, a empresa produziu o espetáculo de teatro Sótão, que reuniu atores premiados e consagrados do meio artístico/cultural. Em 2010 e 2011 o espetáculo Sótão circulou em parceria com o SESC/SC.

  • Em 2009, patrocinado com recursos privados, a Ipê Produções, produziu os documentários COL Joinville 30 anos e Clube de Oratória e Liderança 30anos.

  • Em 2011 produziu o documentário "O rio que teima pela vida", obra financiada com recursos públicos do Convênio de Cooperação Ambiental do FMMA (Fundo Municipal de Meio Ambiente) da Fundema (Fundação de Meio Ambiente de Joinville).

  • Em 2013 produziu o documentário "Se ligue no esgoto", obra financiada pela empresa de economia mista Companhia Águas de Joinville, através da conquista de edital público.

  • Em 2015 produziu o documentário "O Marinheiro do Rio Cachoeira", obra também financiada pela empresa de economia mista Companhia Águas de Joinville, através da conquista de edital público.

    Este Projeto está alinhado com os ODS da ONU​​​





    √ Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial, um plano de ação global adotado durante a 70º Assembleia Geral das Nações Unidas em setembro de 2015.
    √ Os ODS, a serem implementados de 2016 a 2030, surgem aproveitando o impulso gerado pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e firmam-se como uma agenda de desenvolvimento audaciosa, constituindo um conjunto integrado e indivisível de prioridades globais para o desenvolvimento sustentável.
    √ Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas 169 metas demonstram a escala e a ambição desta nova Agenda universal.

Sinopse:

ANAS é um retrato da família joinvilense que vive da agricultura familiar. O filme aborda o empoderamento feminino a partir das  conquistas dos  direitos profissionais da categoria e mostra como é o dia-a-dia destas mulheres,  sua feminilidade, religiosidade, vaidade, lazer, o papel que exercem na agricultura e na continuidade das práticas agrícolas familiares.

Ficha Técnica de ANAS

Roteirista: Ilaine Melo

Diretora: Ilaine Melo

Diretor de Fotografia: Altamir Andrade

Produtor Executivo: Altamir Andrade

Montagem: Julium Schramm

Difusão do Filme: Ivan Melo

Especificações técnicas

  • Formato: Dolby Digital

  • Duração: 15 minutos

  • Gênero: Documentário

  • Classificação etária: 14 anos

 

Mídia na Exibição

Filme finalizado em resolução Full HD – Janela 16:9 – Som Estéreo

Elenco:

3 mulheres agricultoras residentes na Zona Rural de Joinville

 

Público Alvo:

Jovens e adultos a partir de 14 anos, de ambos os sexos, das classes A,B,C e D, de todo Brasil.

Cronograma:

Pré - Produção - Maio 2018

Produção e filmagem - Junho e Julho 2018

Pós - Produção - Julho e Agosto 2018

Estreia - Setembro 2018

Janelas de Exibição:

√ Estreia em Joinville -  Setembro 2018

√ Festivais Nacionais e Internacionais - Setembro de 2018 a Julho de 2019

√ Participação em Eventos, Universidades e Escolas de Ensino Médio - Setembro de 2018 a Julho de 2019

√ Internet - Setembro de 2019

 

Difusão Social:

Após o circuito de festivais, o filme será disponibilizado também para circuitos alternativos e sociais, bem como para centros culturais e cineclubes, universidades e escolas de ensino médio.

Histórico de Documentos Oficiais sobre o Mecenato 2017

© 2018 por Bureau de Comunicação  e criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now